A Canção Portuguesa Mais Além do Fado


 

mp10

Há no Brasil quem ainda pense que a música portuguesa se resume à Fado e, vá lá, folclore. Sim, isso também é música portuguesa, mas o que grande parte por aqui desconhece é que ela é mais ampla e diversificada do que isso. Resolvi fazer um post tentando abarcar várias facetas e estilos, incluindo alguns artistas de extensa carreira(como Paulo de Carvalho  e o saudoso Zeca Afonso), até artistas mais contemporâneos como Carminho e António Zambujo, que são modernos e ao mesmo tempo tão clássicos.

Lógico que a relação abaixo não é necessariamente o melhor, trata-se de apenas de uma escolha pessoal minha do que mais gosto e ouço.

Lembrando que a música portuguesa já se fez presente aqui no Botequim Cultural, quando fiz um post dedicado a um dos meus ídolos musicais, Carlos do Carmo(que pode ser lido AQUI)

Espero nos próximos dias voltar ao tema, fazendo um post homenageando outro grande músico português, Fernando Tordo.

Fiquem tranquilos, vocês não verão aqui Roberto Leal, apesar de até simpatizar com o gajo(mas não com sua música).

Zeca Afonso – Os Índios da Meia-Praia

.

Dulce Pontes- Canção do Mar
.

Ala dos Namorados – Loucos de Lisboa
.

António Zambujo – Nem às Paredes Confesso
.

Carminho – As Pedras da Minha Rua

.

Mafalda Veiga – Rasto de Sol

.

Rui Veloso – Não Há Estrelas no Céu
.

Rio Grande – Postal dos Correios
.

João Afonso – Carteiro em Bicicleta
.

Sérgio Godinho – Com um Brilhozinho nos Olhos
.

Paulo de Carvalho – E Depois do Adeus

.


Para encerrar, António Zambujo e Carminho ovacionados pelo Teatro Municipal do Rio de Janeiro, cantando Sabiá


Palpites para este texto:

  1. Interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930