Amir Haddad Recebe o Prêmio Botequim Cultural


 

Por Renato Mello

Entregar um prêmio para Amir Haddad é acima de tudo um privilégio. O privilégio celebrarmos um dos maiores nomes do Teatro Brasileiro: Amir Haddad.

O Prêmio Especial do Botequim Cultural tem entre suas premissas homenagear um “artista ou manifestação considerada relevante ao cenário teatral carioca”. Não me ocorre nada mais relevante no momento que reconhecer os 80 anos de vida, a trajetória, a criação do Grupo Tá na Rua e principalmente, seu teatro de resistência, justamente quando o teatro carioca vive uma enorme obscuridade.

Amir Haddad na porta da sede do Tá na Rua - Foto: Renato Mello

Amir Haddad na porta da sede do Tá na Rua – Foto: Renato Mello

Num momento que uma Secretária Municipal de Cultura se recusa a dialogar minimamente com a classe e quando temos uma Secretaria Estadual de Cultura gerida por um bombeiro, sem nenhum vestígio histórico com o segmento, dentro de um governo famélico, quando não enxergamos mais nenhuma luz no fim do túnel, eis que Amir Haddad segue a nos inspirar. Se achamos que tudo está errado, sua antropofagia teatral nos fortalece de um espírito libertário para que possamos crer na pujança da arte e enxergar um amanhã possível.

Amir Haddad - Foto: Renato Mello

Amir Haddad – Foto: Renato Mello

O Prêmio Botequim Cultural tem uma peculiaridade em relação aos demais por não se limitar a realizar suas escolhas apenas em portas fechadas por um grupo de teóricos, mas pela forma como conclama à participação popular para referendar nossas decisões. Foi através do povo que o nosso prêmio foi concedido para Amir Haddad, bem ao feitio do seu teatro feito na rua, interpretando em meio ao povo, sem necessidade do palco ou delimitado fisicamente pela opressão de paredes, em conexão direta com a própria essência histórica do teatro.

Fim de tarde de fevereiro num Rio ainda caótico com os excessos das chuvas dos últimos dias. O taxista vai titubeante pela rua Mem de Sá, na Lapa, procurando o endereço, mas não é preciso ir muito além para avistar um senhor sentado na porta de um velho sobrado bem aos pés dos Arcos. Não havia dúvidas. Impossível não reconhecer a figura de Amir Haddad e tudo o que ela representa. Salto do carro, caminho em sua direção e de imediato sou acolhido calorosamente. A nuvens rondam ameaçadoras, o que muda os planos de tomar a grande praça a frente. O cerimonial ocorrerá da calçada para dentro, mas não quer dizer necessariamente que tudo será no interior do sobrado. Amir comenta em tom de lamento sobre uma perseguição a uns ladrões bem na frente da sede do grupo. Subiram pela rua adjacente e terminaram por destruir algumas telhas nos fundos. – São telhas enormes! Sabe quanto custa cada uma? R$300,00! Nesse momento sou conduzido ao interior da sede. Tudo ainda despido. Alguns integrantes do Tá na Rua já se movimentam para preparar o espaço. Bandeiras e estandartes começam a dominar as paredes, luzes são colocadas, som testado, tudo num ritmo frenético, com

Amir Haddad recebe o Prêmio Botequim Cultural - Foto: Wagner Correa de Araújo

Foto: Wagner Correa de Araújo

todos brincando, cantando e dançando como num grande baile em que eu sou até aquele momento o único espectador. Em questão de alguns minutos tudo se transforma, ascendendo uma ambientação alegre, colorida, quase carnavalesca. Me distraio minimamente e quando olho, já estão todos fantasiados. Mais uma vez numa bobeada minha, Amir já aparece transformado, pronto para comandar sua trupe numa grande festa.

Me senti honrado em participar de uma grande comemoração para festejar a entrega do nosso prêmio a Amir Haddad. Rodeado por uma de suas mais vivas criações, o Grupo Tá na Rua, num espírito anárquico e liberto, aberto para quem ali quisesse estar e presenciar a alegria em estado bruto.

A estatueta do Prêmio Botequim Cultural, uma criação de Edgar Duvivier, tem em sua representação a imagem de Dom Quixote. Nada é mais simbólico do que entregá-la a Amir Haddad.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930