“Auê” Recebe o Prêmio Botequim Cultural


 
Beto Lemos, Adrien Alves, Alfredo Del-Penho, Renato Luciano e Eduardo Rios

Beto Lemos, Adrén Alvez, Alfredo Del-Penho, Renato Luciano e Eduardo Rios

Por Renato Mello

Um dos maiores fenômenos teatrais de 2016 sem a menor sombra de dúvidas foi o espetáculo “Auê”. Chamar alguma manifestação artística de “fenômeno” ficou um pouco batido e banalizado, mas essa palavra se aplica organicamente a “Auê”.

Sucesso absoluto de público, crítica e com naturalidade caminhou para a temporada de prêmios teatrais com várias indicações.

“Auê” é assim mesmo, a gente começa assistindo tentando entender, para um pouco depois continuar ainda sem entender mas adorar, até se ficar inteiramente arrebatado e compreender que poucas coisas fazem tanto sentido.

Ganhou os prêmios de Melhor espetáculo de Teatro Musical, Direção(Duda Maia), Autor(Duda Maia e Barca dos Corações Partidos), Ator(coletivo de atores), direção musical(Alfredo Del-Penho) e iluminação(Renato Machado).

Como descrevi aqui mesmo na crítica escrita no momento de sua estreia, “Sua proposta traz para o palco o amor apresentado a partir de suas sutilezas e palpitações, tendo a força de expressivas composições e uma sofisticada movimentação cênica como elementos condutores para se atingir uma erupção emocional que vai tomando conta de toda a ambientação. Não há que se preocupar em buscar um fio condutor ou uma linha dramatúrgica definida, basta deixar-se guiar pelos caminhos propostos para sentir a vida pulsante que há nesse espetáculo”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *