Baú da Adriana: Sociedade dos Poetas Mortos


 

Texto: Adriana Mello.

Quando assisti a “Sociedade dos Poetas Mortos” no cinema , fui obrigada para um trabalho no colégio. De lá para cá nem sei quantas vezes já revi esse filme e toda vez que assisto, me emociono.  “Sociedade dos Poetas Mortos” tem um papel crucial na minha formação, pois após assisti-lo, meu gosto tornou-se mais apurado. Se hoje sou formada em cinema, tem muito desse filme na minha escolha, pois ele foi um dos responsáveis por despertar minha paixão pelo cinema e também me mostrou que um filme não é apenas entretenimento, que pode nos fazer pensar e acima de tudo nos emocionar.

Em 1959, na tradicionalíssima Welton Academy, John Keating (Robin Williams), um ex aluno torna-se o novo professor de inglês. Mas o método de ensino de Keating entra em choque com a conservadora direção do colégio.  Keating estimula seus alunos a pensarem por si mesmo e desperta nos jovens a paixão pela poesia, arte… tudo o que faz pensar.

Ao vasculharem o anuário do professor, os alunos descobrem que ele exercia diversas atividades extracurriculares e que participava da Sociedade dos Poetas Mortos: um grupo de alunos que se reunia em uma caverna para ler poesias de grandes e também obras de sua autoria.  Animados, os alunos decidem ressuscitar o movimento, mesmo sabendo que a atual direção do colégio não concordaria com essa atitude.

A Sociedade dos Poetas Mortos era formada por Neil (Robert Sean Leonard), Knox (Josh Cahrles), Charlie (Gale Hansen), Pitts (James Waterston), Meeks (Allelon Ruggiero), Todd (Ethan Hawke) e Cameron (Dylan Kussman).  As reuniões na caverna ajudam os meninos a enfrentarem seu medos e irem atrás de seus sonhos. Incentivado pelo grupo, Neil faz teste para o papel principal da peça “Sonhos de Uma Noite de Verão” de Shakespeare e ganha o personagem. O problema é que Neil não tem coragem de contar para seu severo pai que irá atuar em uma peça. Quando o pai de Neil descobre, decide tirar seu filho de Welton e colocá-lo em uma escola militar. O sonhador Neil não agüenta a pressão e acaba se suicidando. Injustamente, Mr. Keating é acusado de incentivar Neil a participar da peça e a enfrentar o seu pai.  A direção do colégio decide demitir Mr. Keating.

Mr Keating até pode ter sido demitido, mas seus ensinamentos marcaram profundamente cada um de seus alunos. E o que dizer da cena final quando Todd, um aluno que mal conseguia abrir a boca de tão tímido, lidera uma homenagem ao antigo professor? Cada aluno sobe em sua mesa e diz “Oh capitain, my captain” como uma maneira de agradecer os ensinamentos de Mr Keating.  Emocionado, o professor só dizer: “Thank you, boys”.   Essa cena é capaz de fazer amolecer o mais durão do espectador.

Sociedade dos Poetas Mortos” foi um dos primeiros filmes feitos nos Estados Unidos por Peter Weir, que alguns anos antes dirigiu duas belíssimas produções australianas “Gallipoli” e principalmente “O Ano em que Vivemos em Perigo”.  Uma pena que ande sumido nos últimos anos, pois mesmo nos Estados Unidos fez outros filmes interessantíssimos além de “Sociedade dos Poetas Mortos”, como “Show de Truman” “A Costa do Mosquito” e “O Mestre dos Mares”, além do que merece uma estátua, pois aguentou em set de filmagens atores tão temperamentais como Mel Gibson e Russell Crowe.

É um filme belo em todos os sentidos, principalmente pelo seu excepcional roteiro, que acabou ganhando o Oscar de melhor roteiro original(além de mais 3 outras indicações: melhor ator, diretor e filme). Ele nos comove  nos mais simples detalhes. Mas a principal mensagem que fica para quem assiste é: “Carpe diem”, aproveite o seu dia.


Palpites para este texto:

  1. Carlos Arthur Newlands -

    Adoro “Dead Poets Society”! neste filme Robin Willians mostra que não é apenas comediante e sim ator

  2. Sim, Carlos. Acho o Robin Williams como humorista meio chato, acaba exageradno e passa do ponto. Mas em “Sociedade” ele tem uma atuação perfeita.

  3. Um filme comovente. Inesquecível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31