Congresso da ABRAJI: Diário de Bordo – Parte 1


 

 

 

por Adriana Mello.
Twitter:@adrianaamello

 

Aconteceu entre os dias 12 a 15 de outubro a 8ª Conferência Global de Jornalismo Investigativo (realizada em simultâneo com o 8º Congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo e com a 5ª Conferência Latinoamericana de Periodismo de Investigácion).

O evento foi realizado na PUC –RJ e reuniu cerca de 1300 pessoas de aproximadamente 60 países, reunindo um time de peso, nomes respeitados no Brasil e no exterior, tais como Caco Barcellos e José Hamilton Ribeiro(Rede Globo), Mario Magalhães (jornalista independente), Miriam Leitão (Rede Globo), Eduardo Faustini (Rede Globo), Eliane Brum (Revista Época) , Audálio Dantas (jornalista independente), Roberto Cabrini (SBT), Rosental Alves ( Knight Center for Journalism in the Americas, University of Texas), Glenn Greenwald (The Guardian), Sarah Cohen (New York Times), José Roberto de Toledo (O Estado de São Paulo),  Paul Meyer (BBC), Fernando Rodrigues (Folha de São Paulo),  Daniel Santoro (Clarín), Christopher Acosta (IPYS),  Tyndaro Menezes (Rede Globo), José Paulo Kupfer (O Estado de São Paulo), Juca Kfouri (Folha de São Paulo), Andrew Jennings, entre muitos outros.

Tive o privilégio de fazer parte do evento, que teve na média uma boa organização. Embora no início tenha ocorrido certa confusão, mas aos poucos a organização foi conseguindo ajeitar as coisas para que um evento dessa dimensão tivesse uma boa fluidez. Os problemas iniciais se deram, talvez, porque a organização tenha demorado um pouco para medir a procura e a dimensão de certas palestras.

Esse problema se deu com a primeira palestra que pretendia assistir: Caco Barcellos e José Hamilton Ribeiro. A palestra, marcada para uma sala no prédio RDC, mas com 50 minutos antes do horário previsto não havia mais lugar. Resultado: Fiquei num corredor, cercada de vários participantes frustrados, como eu, por não poder entrar na sala. Fui embora e só mais tarde soube que Caco, sensibilizado com a enorme procura, fez outra palestra, dessa vez no ginásio, para a “turma do overbooking”.

Diante do episódio com Caco Barcellos, a organização conseguiu evitar que o problema voltasse a se repetir e assim pude assistir  algumas palestras bastante concorridas, como as de Roberto Cabrini, Eduardo Faustini, Joaquim Barbosa e inclusive o nome do momento, Glenn Grennwald.

Nos próximos dias estarei comentando as palestras que assisti, começando pela de Roberto Cabrini.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930