Congresso da ABRAJI: Diário de Bordo – Última Parte


 

Por Adriana Mello.

Não havia dúvidas que a grande estrela do Congresso de Jornalismo Investigativo da ABRAJI seria Glenn Greenwald. É o homem do momento e que tanta dor de cabeça tem dado ao governo norte-americano com suas revelações bombásticas sobre a espionagem por parte da NSA. Foi sem dúvida a palestra mais aguardada e que lotou o enorme ginásio da PUC levando estudantes, profissionais de todo o mundo e a própria imprensa(que compareceu em peso) a sua palestra. Eu estava bem ansiosa para a apresentação de Greenwald e não me decepcionei em nada com o que vi.

Greenwald se preparando para a palestra. Foto de Adriana Mello

Greenwald chegou debaixo de forte aparato de segurança, em meio a um confuso aglomerado de jornalistas e cinegrafistas que lhe cercavam, sob enormes aplausos por parte da plateia.

Durante o encontro, Glenn Greenwald garantiu que os principais documentos conseguidos por Edward Snowden, ex agente da NSA, ainda não foram revelados e que vem chumbo grosso por aí.  Para sua própria segurança, Greenwald contou que os documentos estão nas mãos de diferentes pessoas ao redor do mundo. O jornalista americano contou que as novas histórias devem ser publicadas a qualquer momento: “Não há como parar esse processo agora. Vamos publicar até o último documento”.

Abordou a questão da “corrupção” das instituições jornalísticas, citando o “The New York Times”, que teve com antecedência a informação de que o governo americano espionava, sem autorização, cidadãos americanos. “Eles deixaram o Bush ser reeleito. Eles obedeceram o ditador. Essa informação só vazou porque um dos jornalistas que tinha essa informação cansou de esperar e resolveu escrever um livro. Aí, o New York Times não quis ficar para trás na história. Isso mudou muito o que eu pensava

Criticou o comportamento de jornalistas em entrevistas e coberturas de eventos: “Também vejo muito jornalista no mundo que, durante entrevistas, começa a gritar e a ser crítico com pessoas que não têm poder ou que desafiam os poderosos, que estão a serviço dessas instituições. O futuro do jornalismo é muito interessante. Mesmo com as instituições fazendo essas coisas horríveis, elas estão pressionadas a mudar de conduta”.

Greenwald cercado de câmeras. Foto de Adriana Mello.

Em relação à espionagem denunciada por Greenwald da NSA no Brasil, declarou: “o interesse do EUA no Brasil é econômico e que nada justifica a espionagem ao país e a Petrobrás”.

Foi uma excelente e empolgante palestra, deixando que o público ali presente se sentisse uma testemunha do atual modelo de espionagem da nova ordem geopolítica.

Greenwald deixou o ginásio debaixo de calorosos aplausos.

Entre outras coisas, disse:

“Devemos usar toda nossa energia não por quem está no poder, mas contra eles”

“O jornalismo está muito mais diversificado. Existem novas mídias muito mais interessantes”

“A sua primeira responsabilidade consigo mesmo é ter certeza de que os documentos são realmente autênticos”

“A crise na grande mídia não mostra que o jornalismo está caindo, mas que está indo para outro lugar”

“Se os documentos não fossem autênticos, seria a maior falsificação da história”

“O que Snowden fez foi um ato de heroísmo”

“Há muitas outras histórias de Snowden. As mais chocantes são as que ainda estão sendo investigadas”

“A questão mais importante é sentir no seu interior que é algo real e verdadeiro”

“Jornalismo não é ciência, é uma arte”

“Sei que a Globo é muito questionada, e com razão, mas preciso da visibilidade para que haja impacto”

“Eu não vou fingir que não tenho sentimento. Eu me preocupo com Snowden e apoio o que ele fez”

“Nenhum país além da Rússia queria proteger Snowden. Ele não está feliz lá, mas é o jeito de não ser preso”

“Quanto mais pessoas fizerem jornalismo verdadeiro, mais influenciarão outros ao mesmo”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031