Crítica RJ: Jogo!


 
Foto: Marcela Rimes

Foto: Marcela Rimes

Por Renato Mello

Desde que a residência artística Vem! Ágora assumiu a ocupação do Teatro Ipanema é gratificante percebermos a importância que voltou a alcançar na vida cultural da cidade,  agora compatível com  o relevo de sua história. Isso fica muito patente não somente na qualidade das peças em destaque no seu horário nobre, mas igualmente na excelente programação infantil que disponibiliza atualmente. Falando especificamente do Teatro Infantil, num curtíssimo espaço de tempo lá se apresentaram espetáculos de inegável qualidade como “A Cozinheira, o Bebê e a Dona do Restaurante”, “Oikos”, nas próximas semanas a Artesanal Cia de Teatro, referência absoluta no segmento, estreará “Por que nem Todos os Dias São Dias de Sol?” e nesse momento, com temporada prevista até o dia 6 de novembro, a ocupação desse horário pertence ao adorável espetáculo “Jogo!”, uma concepção do Grupo de Palhaços.

Jogo!” se constrói  de pequenas histórias envolvendo diversas modalidades esportivas vividas pelos atores/palhaços Ana Carolina Sauwen, Matheus Lima e Tiago Quites, que criam sequências cômicas a partir da essência de cada esporte, “distorcendo-os” à linguagem da palhaçaria, tal como um ringue de luta opondo um boxista e uma carateca, uma partida de golfe em que a bola se desespera na perspectiva de ser atingida pelo taco, uma prova de natação que transforma a piscina num mar com direito a tubarões, peixes e sereia,  além de outras ilustrações de esportes tão variados como futebol, corrida de cavalos, ginástica rítmica e halterofilismo.

A concepção é simples, mas muito bem elaborada, em que as transformações e ilusões  ocorrem por trás de uma estrutura física em forma similar a uma trave de futebol, mas que possibilita um arco de variáveis cênicas de funcionalidades amplas, desde sua concepção ou pelo uso feito por ela.

Jogo!” tem na sua organicidade um conceito em que é necessária a simbiose entre a dramaturgia, a atuação e o trabalho corporal para produzir o efeito necessário para complementar-se como obra artística, algo que é atingido com  competência por um trabalho notoriamente coletivo. Os atores Ana Carolina Sauwen, Matheus Lima e Tiago Quites , também responsáveis pela direção, estabelecem um jogo cênico equilibrado, solidário, mutuamente sustentando-se para expansão das intenções narrativas, domínio da técnica da palhaçaria, plenos na exploração  corporal, na expressividade, graça, ritmo e domínio do espaço físico.

Quando ressalto a questão dramatúrgica, um olhar mais alheio aos meandros teatrais pode não perceber, mas existe uma construção narrativa bem estruturada de maneira que o espetáculo mantenha uma dinâmica constante e sem oscilações, atingindo um movimento cênico homogêneo ao longo de toda apresentação. A direção musical compõe diretamente essa fluência com o preenchimento de uma trilha que dialoga com a narrativa, a partir da inclusão de músicas clássicas em sua grande parte, desde a abertura com Mozart, até a 5ª sinfonia de Beethoven. Os elementos cenográficos e os figurinos contribuem positivamente para a imposição do universo particular proposto pelo Bando de Palhaços.

Jogo!” atinge exitosamente sua função dentro do segmento  infantil, criando com seu mundo esportivo um espetáculo teatral  de qualidade. Diversão garantida para pais e filhos.

14595762_1319480178085460_2133412033814636978_n

SERVIÇO
Local: Teatro Ipanema
Endereço: Rua Prudente de Moraes, 824 – Ipanema
Telefone: (21) 2267-3750
Data: 22 de outubro a 06 de novembro
Horário: Sábados e domingos às 16h.
(nos dias 05 e 06 de novembro haverá sessão extra às 14h).
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$15(meia)
Classificação Indicativa: livre
Bilheteria: de quarta a domingo das 14h às 22h.
Capacidade:226 lugares

FICHA TÉCNICA
Concepção e Direção: Bando de Palhaços
Criação e atuação: Ana Carolina Sauwen, Matheus Lima ,Tiago Quites e Camila Nhary
Direção Musical: José Luiz Rinaldi
Figurino: Bruno Perlatto
Adereços: Tuca
Cenário: Dodô Giovanetti
Iluminação: Anderson Ratto
Assistente de figurino: Alessandra Almeida
Costureira: Angela Sardinha
Programação visual e ilustrações: Diogo Monteiro
Assessoria de Imprensa: Aquela que Divulga
Conteúdo digital e campanha de captação: Ana Righi
Fotos: Helena Marques e Marcela Rimes
Operação de som: Daniel Mazza
Operação de luz: Julia Faria
Produção: Pagu Produções Culturais
Realização: Bando de Palhaços


Palpites para este texto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31