Crítica Teatro Infantil: Ana Fumaça Maria Memória


 
Foto: Renato Mangolin


Por Renato Mello

Ana Fumaça Maria Memória” é uma bela proposta que aborda com sensibilidade questões como afeto e memória.

Em temporada no Oi Futuro, com texto e direção de Marcela Andrade, conta a história de Ana(Cacá Ottoni), uma menina que deseja recuperar as lembranças da avó Maria(Marina Hodecker). Os desenhos do avô(Pablo Aguilar) a conectam com essas reminiscências, em que a associação da memória tal qual um trem em movimento, repartida por vários vagões, é o elemento de embarque numa viagem em busca de um tempo adormecido no inconsciente da avó.

Marcela Andrade fundamenta seu texto com uma argumentação dramatúrgica linear e coerente no seu desenvolvimento, mas seu grande mérito reside na forma como encontra soluções cênicas que encorpam as linhas primárias, ampliando os conceitos por uma ambientação onírica, atingindo zonas sensíveis com bastante delicadeza. Dentro desse conceito é preciso mencionar a cenografia de Elsa Romero, que mais do que meramente criativa ou bela, permite a fluência do espetáculo pela sua funcionabilidade, além de complementar a atmosfera definida tanto no texto, quanto na direção, com a fachada da casa se abrindo em diferentes possibilidades ou mesmo num poste que recebe uma movimentação sugestiva.

A personagem Ana recebe uma intepretação bastante sólida da atriz Cacá Ottoni, perpassando segurança nos gestos, mas principalmente, articulando inflexões que permitem a expansão emocional da protagonista numa dimensão equilibrada. Marina Hodecker igualmente se destaca numa composição em que se expressa com sutileza, encontrando todo um sentimento de ternura para a avó Maria, se apoiando igualmente num bom trabalho corporal. O elenco se complementa com Gé Lisboa, Juliana Trimer e Pablo Aguilar, atuando de forma adequada aos seus respectivos papeis.

Os demais elementos se encontram numa sintonia bem alinhada com o processo da diretora Marcela Andrade, valendo-se da boa luz desenhada por Pedro Struchiner e Thiago Monte,que em conjunto com o videografismo, ressalta todo o lirismo do espetáculo e favorece o andamento cênico proposto. Os figurinos de Arlete Rua trabalham com uma paleta sóbria, puxada para o cinza e creme em que mesmo as cores mais intensas se apresentam propositalmente esmaecidas, com adereços criados igualmente por Arlete Rua, com Elsa Romero e visagismo de Rodrigo Reinoso, do qual aponto alguma restrição na concepção do personagem do avô(Pablo Aguilar).

A trilha sonora executa fundamental função de apoio e aproximação ao ambiente exposto, com canções que preenchem um relevo na dramaturgia, de diversos autores, organizadas na direção musical de Rach Araújo.

Confesso aqui que estava bem desgostoso com o atual semestre do teatro infantojuvenil carioca, quase que já dando por perdido. “Ana Fumaça Maria Memória” me foi um agradável alento.


Foto: Renato Mangolin

FICHA TÉCNICA

Idealização: Marcela Andrade Realização: Agência Botão Cultural e Centro Cultural Oi Futuro Dramaturgia e Direção: Marcela Andrade Diretor de Produção: Bernardo Schlegel Produção Executiva: Thiago Monte Elenco: Cacá Ottoni, Gé Lisboa, Juliana Trimer, Marina Hodecker, Pablo Aguilar Direção Musical e Trilha Sonora: Rach Araújo Canções: Filho da Lua (Pablo Aguilar e Raíssa Barbosa), Trenzinho do Sono (Arno Hodecker Jr. e Marina Hodecker) e Colinho do Vovô (Diego de Abreu e Juliana Trimer) Iluminação: Pedro Struchiner e Thiago Monte Cenografia: Elsa Romero Cenotécnica: Fátima de Souza Figurino: Arlete Rua Adereços: Arlete Rua e Elsa Romero Confecção de Figurinos: Kátia Salles Visagismo: Rodrigo Reinoso Designer Gráfico: Jaqueline Sampin Assessoria de Imprensa: Duetto Comunicação Assistente de Direção: Filipe Codeço Assistente de Produção: Pedro Pedruzzi Desenhos: Adriana Seiffert Animação e Vídeo Mapping: Nicole Schlegel Mídias Sociais: Agência ePlan Fotografia: Renato Mangolin Captação de Apoios: Gloria Dinniz Vídeos: Guiga Schwarz, Rai Junior e Tiago Herz Intérprete de Libras: David de Jesus e Jadson Abraão – JDL Traduções Operador de Luz: Thiago Monte Operador de Vídeo e Som: Edmar da Rocha Contrarregras: Tiago D’ávila e Leonardo Pessanha

SERVIÇO
Datas: 13 de abril até 2 de junho de 2019 – sábados e domingos 
Horário: 16h
Duração: 70 minLotação: 96 lugaresLocal: Centro Cultural Oi Futuro
Endereço: Rua Dois de Dezembro, 53 – Flamengo
Ingressos: R$20,00 inteira/ R$10,00 meia
Vendas: http://www.ticketplanet.com.br/

Classificação: livre – a partir de 3 anos
Alessandra CostaDuetto | Assessoria de Imprensa e Comunicação
alessandracostadivulga@gmail.com michellitoledo@gmail.com duettocproducoes@gmail.com


Palpites para este texto:

  1. Adorei, simplesmente incrível.
    Dança Árabe Grupo Nasser, São Paulo – SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031