Destaque da Semana: A Evolução do Respeito


 

 

bandeira1

A Evolução do Respeito.

Por André Santos(colunista convidado).

Acho que não é exagero meu dizer que os temas da diversidade sexual foram a marca dessa semana, na internet.

A semana que se encerra com a 19ª Parada LGBT de São Paulo,que reuniu milhares de pessoas na Avenida Paulista pra pedir respeito à diversidade, também gerou um grande burburinho sobre a campanha d’O Boticário para o dia dos namorados (com reações negativas, positivas e até divertidas) e a repercussão do début de Caitlyn Jenner.

Todos esses assuntos estão intimamente ligados por uma mesma linha: a questão do respeito e da aceitação à diversidade. Se é verdade que as redes sociais são um microcosmos da sociedade, a repercussão desses assuntos espelha esse momento de discussão sobre gêneros, sobre sexos, sobre identidades e papéis sexuais no mundo que nos rodeia.

O mundo, meus caros, está mudando. Na verdade, ele nunca parou de mudar: estamos em constante transformação… É por conta dessas transformações que muita gente nem percebeu o que tinha de tão ‘errado’ no comercial d’O Boticário, encarando com certa naturalidade o fato de casais homossexuais se presentearem no Dia dos Namorados e demonstrarem carinho. Essas novas formas de entender o mundo que abrem as portas não apenas para a livre expressão do amor, mas também para as livres expressões de ser. Ou seja, para que muitos ‘Bruce Jenner’ possam finalmente ser ‘Caitlyn’. Para que Thammy Miranda, Laerte Coutinho ou qualquer indivíduo trans possam exercer seu direito de ser, de existir, de ter sua verdadeira identidade reconhecida e respeitada!

O próprio buzz negativo, uma reação conservadora – por isso as pessoas são chamadas de ‘reacionárias’ –de parte da sociedade tem sua importância: nos mostra que há resistências. E nos leva a refletir, a criar estratégias. O buzz negativo, recheado de incoerências e intolerâncias, nos mostra, sobretudo, que o caminho em direção ao respeito e à liberdade ainda é longo, tortuoso e exige engajamento. E que é já está mais que na hora desse engajamento sair do virtual e se expressar no real.

Talvez por isso é que boa parte das pessoas expressou, nas redes sociais, uma sensação de que a Parada LGBT de Sampa voltou a cumprir seu papel: está com menos cara de micareta e com mais cara de movimento engajado, concreto, com objetivos sérios… Será que a vida real vai começar a repercutir mais a vida virtual e teremos um engajamento maior das pessoas nas lutas por respeito às diferenças e igualdade de direitos?

Acho que vou me contradizer um pouco: é exagero meu dizer que o tema da diversidade sexual foi a marca dessa semana. Na verdade, o que norteou essa semana – bem como muitas outras semanas antes dessa – foi a questão do respeito. Ou da falta dele…


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930