Disputa pela Cadeira 10 da Academia Brasileira de Letras


 

 

Começou a corrida para ocupar a cadeira 10 da Academia Brasileira de Letras, que está vaga desde a morte do poeta alagoano Lêdo Ivo. Os candidatos têm até o dia 11 de abril para angariar os votos necessários em direção à imortalidade.

Entre os candidatos, 2 despontam com certo favoritismo: o escritor e diplomata potiguar João Almino e o poeta carioca Antônio Cícero. Outros nomes de certa relevância que correm por fora são da jornalista Rosiska Darcy de Oliveira, que segundo rumores, seria a favorita da presidente da casa, Ana Maria Machado e da historiadora Mary del Priore.

Importante lembrar, que embora seja uma “Academia Brasileira de Letras”, ela segue o modelo da “Académie Française”, que procura escolher para os seus quadros não necessariamente escritores, mas pessoas proeminentes da sociedade nas mais diversas áreas, assim já passaram(ou ainda passam) nomes como Santos-Dumont, Getúlio Vargas, José  Sarney, Marco Maciel, Nelson Pereira dos Santos e Ivo Pitanguy.

Em compensação nomes influentes e fundamentais da literatura nacional, como Lima Barreto, Monteiro Lobato, Carlos Drummond de Andrade, Mario Quintana, Gilberto Freyre, Sérgio Buarque de Holanda, Caio Prado Junior, Graciliano Ramos, Cecília Meirelles, Vinícius de Moraes e Érico Verissimo jamais ocuparam alguma cadeira na casa fundada por Machado de Assis em 1897.

Uma eleição polêmica ocorrida recentemente foi a que elegeu o jornalista Merval Pereira, derrotando o escritor Antônio Torres.

Os outros nomes que completam a lista de concorrentes são: Marcus Accioly, Diego Mendes Souza, José Paulo da Silva Ferreira, Cláudio Murilo Leal, Blasco Peres Rego e Joaquim Cavalcanti de Oliveira Neto

O nome “Academia” vem do grego “sítio de Akademus” – local da Grécia Antiga onde teria sido os jardins do herói Akademus e escolhido por Platão para ministrar suas palestras aos discípulos – recebendo aquele lugar o nome de “Akademia”.

A Academia Brasileira de Letras compõe-se de quarenta membros conhecidos como “Imortais”, sendo que os novos membros são eleitos pelos mais antigos. Uma vez ingressado em seus quadros, ali permanece por toda a vida.

Os atuais membros da Academia são:

Cadeira

Nome

Eleição

1

Ana Maria Machado

2003

2

Tarcísio Padilha

1997

3

Carlos Heitor Cony

2000

4

Carlos   Nejar

1988

5

José Murilo de Carvalho

2004

6

Cícero Sandroni

2003

7

Nelson Pereira dos Santos

2006

8

Cleonice Berardinelli

2009

9

Alberto da Costa e Silva

2000

10

Vaga   com o falecimento de Lêdo Ivo em 24/12/2012.

11

Helio   Jaguaribe

2005

12

Alfredo   Bosi

2003

13

Sergio Paulo Rouanet

1992

14

Celso   Lafer

2006

15

Marco   Lucchesi

2011

16

Lygia Fagundes Telles

1985

17

Affonso Arinos de Mello Franco

1999

18

Arnaldo   Niskier

1984

19

Antonio Carlos Secchin

2004

20

Murilo Melo Filho

1999

21

Paulo   Coelho

2002

22

Ivo   Pitanguy

1990

23

Luiz   Paulo Horta

2008

24

Sábato   Magaldi

1994

25

Alberto Venâncio Filho

1991

26

Marcos   Vilaça

1985

27

Eduardo Mattos Portella

1981

28

Domício Proença Filho

2006

29

Geraldo Holanda Cavalcanti

2010

30

Nélida Piñon

1989

31

Merval   Pereira

2011

32

Ariano   Suassuna

1989

33

Evanildo Cavalcante Bechara

2000

34

João Ubaldo Ribeiro

1993

35

Cândido Mendes

1989

36

João de Scantimburgo

1991

37

Ivan   Junqueira

2000

38

José   Sarney

1980

39

Marco   Maciel

2003

40

Evaristo de Moraes Filho

1984

 Fonte de Pesquisa: Wikipedia


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31