Em Breve: “A quantas separações uma mulher é capaz de sobreviver?”


 

qs1

Foto: Guga Melgar.

O teatro Leblon apresenta a partir de 16 de setembro, 21h, “A quantas separações uma mulher é capaz de sobreviver?”, o primeiro monólogo de Renata Tolebem cuja direção é assinada por Guida Vianna com co-direção de Michel Bercovitch . Cria do teatro O TABLADO e ex-aluna de Guida Vianna, em 2011, Renata Tobelem, após passar e testemunhar uma série de relacionamentos mal sucedidos, teve um insight para a composição do seu primeiro texto.

Das desilusões amorosas nasceram “vítimas”, e é justamente desta maneira que Renata transformou o trágico em cômico com uma sinceridade desconcertante e um desespero bem humorado. O texto traz o questionamento do quanto uma mulher consegue suportar as dores de uma ou de várias separações. É uma angustiante comédia que ironiza os momentos mais difíceis das separações:

“Separações dão muito trabalho. Temos que administrar os nossos sentimentos e os da outra pessoa também. E quando nos recuperamos de uma, começa tudo outra vez… No final de cada relação mal sucedida, quando tudo o que resta são feridas, mágoas e dúvidas, a pergunta volta; Tudo isso valeu a pena?
Queremos mesmo ter uma vida de comercial de margarina, ou fomos programados pra isso?
Viajar ao passado pode trazer a tona as mais dolorosas lembranças. Quanto mais dolorosas elas tiverem sido, mais divertidas elas podem e devem se tornar no futuro.”

“Há alguma fórmula para suportá-las?
Ir ao fundo do poço ou simplesmente passar um batom, e voltar à ativa?
E, a quantas separações uma mulher é capaz de sobreviver?”

A peça não pretende contar mais uma história de amor e suas desilusões. O propósito é refletir sobre uma das características mais marcante de nossa geração; como depositamos a própria felicidade no amor, e da angústia que se apodera daqueles que não o encontraram.

“Durante os 23 anos da minha trajetória como atriz, fiz trabalhos lindos de que muito me orgulho. E por mais satisfeita que eu possa ter estado, ainda não me sentia realizada. Esperar o convite? Passar num teste? Esta questão já se transformava para mim em uma dependência a ser enfrentada.
Essa inquietude me fez criar um projeto próprio em 2006, o Fiat 147, que me levou a ganhar todos os prêmios como autora e Atriz nos festivais de esquetes dos quais participava.
Tal inquietude tomou conta de mim novamente, e em 2014 venho com toda força”. Renata Tobelem

Ana, 33 anos, faz da sua vida uma intensa procura por sua verdadeira alma gêmea. Após o fracasso de seu último relacionamento, decide gravar em vídeo a sua trajetória transformando seus depoimentos em um hilário e caótico ritual.

FICHA TÉCNICA
Texto: Renata Tobelem
Direção: Guida Vianna
Co-direção: Michel Bercovith
Elenco: Renata Tolebem
Assistente de direção: Renata Amaral
Cenário: Lídia Kosovski e Nicole Marengo
Figurino: Sol Azulay
Iluminação: Felipe Lourenço
Trilha Sonora: Michel Bercovitch
Preparação Vocal: Letícia Carvalho
Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias
Fotos: Guga Melgar
Assistente de Produção: Kevin Costa
Direção de produção: Fernando Do Val
Realização: DO VAL PRODUÇÕES ARTÍSTICAS

SERVIÇO:
A quantas separações uma mulher é capaz?
Reestreia: 16 de Setembro de 2014
Temporada: Até 29 de outubro de 2014
Horários: Terças e Quartas-feiras, 21h
Local: Teatro Leblon – Sala Tônia Carrero
Endereço: Rua Conde de Bernadote-26 – Leblon – Telefone: (21)2529-7700
Preços: R$ 60,00 (Inteira) R$ 30,00 (Meia)
Duração: 65min
Classificação: 14 anos
Capacidade: 174 lugares
Gênero: Comédia Dramática
VENDAS ANTECIPADAS: www.ingresso.com

Assessoria de imprensa
Minas de Ideias Comunicação Integrada
Carlos Gilberto e Fábio Amaral


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930