Em Breve: Elza & Fred


 

182979_582694558518314_1826527776932817843_n

baixa4Sucesso no cinema argentino em 2005, a delicada e divertida comédia sobre um casal na terceira idade “Elza e Fred” ganha adaptação inédita para os palcos cariocas. Com direção de Elias Andreato e com Suely Franco e Umberto Magnani nos papéis centrais, a peça estreia dia 1º de agosto no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea para uma temporada de quintas a sábados às 21h e domingos às 19h. No elenco estão Mayara Magri, como atriz convidada, além de Eduardo Estrela, Fernando Petelinkar, Luciano Schwab, Antonio Haddad, Igor Dib e David Leroy.

“Não assisti ao filme e fiz questão de não ver quando fui convidado para dirigir. Pensei numa linguagem ágil para contar uma história sem precisar de tantos recursos. Assim você consegue emocionar e tocar de forma leve. O velho na nossa sociedade é muito descartável. A gente foi perdendo o respeito, o carinho, a sabedoria que eles podem trocar. Essa possibilidade de se falar desse amor caduco que passa pelo sexo, pela sacanagem, pela poesia é muito bacana”, conta o diretor Elias Andreato que dentre tantos trabalhos atualmente assina a direção de “Meu Deus!”, com Irene Ravache e Dan Stulbach.

No texto escrito e adaptado por Marcos Carnevale, Marcela Guerty e Lily Ann Martin, sete meses após perder sua companheira com quem foi casado por 48 anos, Alfredo (Umberto Magnani) muda-se para um prédio onde também mora a extrovertida Elza. O encontro entre os dois vizinhos se dá após Elza esbarrar no automóvel estacionado da filha de Fred (Mayara Magri), que indignada com o fato de ela não apenas ter fugido da “cena do crime” como também ter ameaçado seu filho (David Leroy), decide ao lado do marido (Eduardo Estrela) cobrar a dívida.

baixa2

Mãe de dois filhos com temperamentos completamente diferentes, Elza é surpreendida com as acusações da família e diante daquela situação, seu filho mais velho Gabriel decide pagar a dívida. No entanto, após receber o cheque das mãos de Gabriel, Elza se penaliza com o filho mais jovem que precisa de dinheiro para montar uma exposição com seus quadros e mente para Fred dizendo que precisa sustentar os filhos e netos. A partir daí eles desenvolvem uma relação de carinho, amizade e muitas investidas da desinibida Elza sobre o tímido e hipocondríaco Fred.

“Quando o filme foi lançado assisti mais de cinco vezes e fiquei apaixonada não só pela história, mas principalmente pela personagem. Nossos ensaios têm sido uma alegria, só. Além do prazer que é trabalhar com o Umberto, direção do Elias, estou muito feliz – Conta Suely Franco, que recentemente participou do musical “Gray Gardens” e novamente solta a voz em cena.

Toda alegria e vontade de viver de Elza contrasta com a forma pacata e segura com que Fred leva a vida. O que ele não sabe é que ela esconde uma doença e não faz disso uma questão desanimadora. Ao contrário, faz questão de viver todos os momentos presentes de forma intensa. “Elza e Fred” é um espetáculo singelo, delicado, bem humorado, direcionado não apenas para a terceira idade, mas para toda a família.

“É o filme mais teatral que já vi. Até porque tenho uma ótima relação com meus avós e acredito que uma boa história de amor pode ser vivida em qualquer tempo. Às vezes eu acho que é importante lembrarmos e encorajarmos” diz o produtor Frederico Reder, da Brainstorming Entretenimento.

Longe dos palcos cariocas desde 2001, “Elza e Fred” marca a volta de Mayara Magri ao Rio de Janeiro e o reencontro profissional com Umberto Magnani, com quem atuou em “Conselho de Classe” há quase 30 anos.

“Estou numa expectativa maravilhosa. Trabalhei com o Umberto há muitos e com a Suely fiz um caso verdade na TV Globo em que ela era minha mãe, mas nós nunca contracenamos, pois a minha personagem ia para uma praia. Eu fico vendo a peça da coxia e sempre choro quando vejo os dois em cena”, declara Mayara.

Umberto trabalhou com Suely fazendo a produção da peça “Capital Federal”, mas nunca havia contracenado com ela.

“Tem sido um processo maravilhoso. É uma peça que não tem mocinho nem bandido. Tem os defeitos naturais das pessoas”, sentencia Umberto.

baixa3SERVIÇO:
Estreia: 1º de Agosto de 2014
Horários: Quinta a sábado às 21h e domingo às 19h
Local: Teatro das Artes – Shopping da Gávea – 2º Piso – Rua Marquês de São Vicente, 52 – Gávea.
Bilheteria 21 3325 1645. Horário de funcionamento: Terça e quarta das 15h às 20h e quinta a domingo das 15h até o início da apresentação.
Ingressos: Quinta R$ 60,00 (inteira) / Sexta a domingo R$ 80,00 (inteira)
Classificação: 12 anos
Duração: 70 minutos
Gênero: Comédia
Capacidade: 400 lugares

FICHA TÉCNICA:
Texto: Marcos Carnevale, Marcela Guerty e Lily Ann Martin
Direção: Elias Andreato
Elenco:
Suely Franco (Elza)
Umberto Magnani (Fred)
Mayara Magri – atriz convidada
Eduardo Estrela
Fernando Petelinkar
Luciano Schwab
Antonio Haddad
Igor Dib
David Leroy
Cenários e Figurinos: Fábio Namatame
Iluminação: Wagner Freire
Trilha Sonora Original: Jonatan Harald
Produção: Brainstorming Entretenimento e Charge Produções

Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias Comunicação Integrada


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930