Critica: A Dama e o Vagabundo, o Musical


 

 dv10

 “A Dama e o Vagabundo”, imortalizado pelas mãos de Walt Disney em 1955 a partir de um conto original do norte-americano Ward Greene ganhou uma nova adaptação musical que acabou de estrear no Teatro Vanucci, no Shopping da Gávea.

A direção do espetáculo está a cargo de Fabiano Leandro, a direção geral e roteiro são assinados por Roberto Rezende, através da RPR Produções. A dupla já tem feito há algum tempo uma série de trabalhos em parceria, sempre com Roberto na direção e Fabiano nas mais diversas funções, ajudando o Teatro Vanucci a se transformar num importante polo de teatro infantil na cidade do Rio de Janeiro, aonde realizaram entre outros espetáculos “Alice no País das Maravilhas”, “Peter Pan” e mais recentemente uma linda adaptação musical de “Cinderella”, um espetáculo que por sinal entusiasmou bastante o Botequim Cultural, como pode ser lido AQUI.

O musical conta a história de Dama(Carol Leipelt), um Cocker Spaniel acostumada ao luxo e ao carinho de seus donos que vê sua vida se transformar quando estes tem um bebê. No contraponto, Vagabundo(Fabiano Leandro), um vira-lata acostumado com os perigos das ruas da cidade, possuidor de um enorme instinto de sobrevivência e de uma boa dose de malandragem. Ao fugir de casa, Dama se perde pela cidade, cruzando seu “mundo perfeito” com o contrastante universo em que vive Vagabundo, de quem dependerá para conseguir sobreviver em meio aos perigos que habitam nas esquinas da cidade.

Com o volume de espetáculos que tem apresentado recentemente, a dupla Roberto Rezende e Fabiano Leandro tem cada vez afinado mais seu trabalho como encenadores, criando em “A Dama e o Vagabundo, o Musical” uma montagem muito bem realizada, fazendo o elenco a ocupar eficazmente não somente cada canto do palco, mas do teatro como um todo, fazendo o espectador a estar permanentemente conectado com os atores. Há cenas belíssimas, entre elas destaco a cena dos cães presos no canil, em que a direção musical de Cosme Motta Jr. foi elemento importante na sua concepção, utilizando-se de uma música em ritmo marcial e o canto do elenco em forma de um lamento. Uma cena que me causou um grande impacto visual e estético.

A elaboração do cenário(assinado por Roberto Rezende e Rodrigo Cardozo)  também foi importante para o êxito da criação dessas belas cenas planejadas por Leandro e Rezende, além de ser necessário destacar a maneira lúdica como o elenco “manipulava” os cenários para ambientar as diferentes sequências, seja no interior de uma bela casa, numa rua imunda da cidade ou mesmo dentro de uma trattoria, aonde se desenrola a famosa cena do spaguetti. Outro aspecto a ser destacado é o correto e belíssimo trabalho de maquiagem realizado por Italo Marco Sant’ana, digno de todos os elogios.

O elenco é formado por 10 atores, Carol Leipelt. Fabiano Leandro, Débora Mesquita, Caio Godard, Edison Muñoz, Juliana Duarte, Rodrigo Cardozo, Aline Peres, Italo Marco Sant’ana e Pedro Thomas. Carol Pelpeit e o próprio Fabiano Leandro defendem de maneira digna de elogios os papeis principais da Dama e do Vagabundo, uma dupla que junta possui uma química bastante interessante e com uma composição muito bem realizada. Carol e Leandro conseguem abordar todo o abismo social e os conflitos de seus personagens sem que para isso o pequeno público tenha um minuto sequer se despojar de suas fantasias. Carol Leipelt, por sinal, é uma atriz que demonstrou uma grande presença cênica, despertando enorme empatia diante do público infantil(independente de interpretar a “mocinha”)

A Dama e o Vagabundo, o Musical” é mais um espetáculo que indicamos, com a certeza de que as crianças sairão do teatro com um belo sorriso estampado no rosto.

 10275940_729041610468801_1681202694809215139_nFicha Técnica
Direção – Roberto Rezende e Fabiano Leandro
Roteiro – Roberto Rezende
Iluminação – André Breda
Maquiagem – Italo Marco Sant’ana
Cenário – Roberto Rezende, Rodrigo Cardozo e elenco Figurinos – Elisa Reis, Fabiano Leandro, Rodrigo Cardozo e Aldacy Ribeiro
Direção de Produção – Elisa Reis e Fabiano Leandro
Direção Musical – Cosme Motta Jr.
Coreografia – Juliana Duarte
Elenco – Carol Leipelt. Fabiano Leandro, Débora Mesquita, Caio Godard, Edison Muñoz, Juliana Duarte, João Meira, Rodrigo Cardozo, Aline Peres, Italo Marco Sant’ana e Pedro Thomas

Teatro Vanucci – R. Marquês de São Vicente 52,  3º Piso – Shopping da Gávea Tel.: 2274-7246
Sábados e domingos, às 17 h 10 min R$60,00 De 19 de abril a 29 de junho


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031