Crítica: O Pequeno Autor


 

10273458_10203871526807041_3695837539430692433_n

Por Renato Mello.

Uma das companhias que tem realizado alguns dos mais interessantes trabalhos no teatro carioca é sem dúvida A Trupe do Experimento. Através de uma sólida estrutura que tem permitido o lançamento de belos espetáculos com a criação de uma linguagem própria e que atinge uma imediata comunicação com o público, seja adulto, seja infantil, a Trupe tem se notabilizado por ser uma “incubadora” de novos autores que estão tendo a oportunidade de colocar em cena seus textos. Foi assim no espetáculo infantil anterior da companhia, “No Embalo das Cores”, escrito por Tathiana Loyola, se repete agora com o belíssimo texto de Nathália Colón, “O Pequeno Autor”, dirigido por Marco dos Anjos e que acaba de estrear no Centro Cultural Banco do Brasil, numa temporada que se estenderá até 26 de outubro.

É justamente o texto de Nathália Colón que mais chama a atenção nesse grande êxito que é a montagem de “O Pequeno Autor”. Nathália brinca com muita competência com a metalinguagem através de uma carpintaria que é sólida e ao mesmo tempo repleta de pura fantasia. É absolutamente gratificante para quem acompanha com certa atenção o cenário teatral carioca ver o surgimento de uma autora que parece ter vindo para ocupar um importante lugar. “O Pequeno Autor” é seu primeiro texto infantil encenado. Em maio estreou “De Filha Para Mãe“, espetáculo que escreveu e dirigiu, com supervisão de Marco dos Anjos e que voltará a ser encenada em novembro no teatro Glauce Rocha, num texto que aborda a relação entre uma mãe e uma filha adolescente que descobre estar grávida.

O Pequeno Autor @ CCBB

O Pequeno Autor” tem como protagonista Hermínio, um menino escritor solitário que, um dia, se percebe dentro de uma de suas histórias. Tudo começa quando Hermínio se torna pivô de uma discussão dentro de casa, envolvendo sua mãe, Paula (sua irmã) e Jorginho (o vizinho que está de namorico com Paula). Depois disso, trancado em seu quarto, o garoto começa a ler seus escritos e é surpreendido pela chegada de personagens fantásticos que pretendem conquistar a colher dourada e, assim, tornarem-se autores de suas próprias histórias. A partir deste momento, o pequeno Hermínio se vê como autor e personagem dessa grande aventura.

A direção de Marco dos Anjos é de extrema competência, sabendo aproveitar toda a qualidade do texto que tem à disposição, tendo a sabedoria de nada desperdiçar e de saber materializar toda a sua já conhecida criatividade cênica. Marco vem apresentando nesses últimos tempos espetáculos de altíssima qualidade. Assim foi com o lindo “O Reino da Gataria”, o já citado “No Embalo das Cores” e a deliciosa comédia “Vila Maria”, mas em o “O Pequeno Autor” cria um dos melhores espetáculos infantis que vi nesses últimos 12 meses, e olha que vi coisa muito boa este ano.  Através da estrutura da Trupe do Experimento e com a sua enorme experiência como professor de interpretação e encenador, Marco consegue imprimir sobre o palco sua marca pessoal e tem a sensibilidade de escolher um elenco e uma ótima equipe técnica.

Um dos aspectos que mais aprecio no trabalho de Marco é a sua direção de atores. Neste espetáculo, mais uma vez não decepcionou. Contou com um competente elenco composto por Daniel Carneiro, Felipe ValleLeon Góes, Maria Penna Firme e Monique BernalFelipe Valle, ator que já tive a oportunidade de ver atuar em “Vila Maria” cria um dinâmico e cativante protagonista que vive seus dilemas e angústias existenciais em meio a um universo sonhador. Daniel Carneiro, que ator excepcional! Responsável por alguns dos momentos mais divertidos, atuando num tom correto que vai exatamente na fronteira do engraçado com o patético. Daniel Carneiro é daqueles atores que fica difícil tirar o olho quando está em cena.  As atrizes Monique Bernal e Maria Penna Firme ambas igualmente com uma presença marcante, carisma extremo e ótimo timing de humor. Leon Goes, ator experimentadíssimo, este ano mesmo pude vê-lo em cena numa das melhores peças da temporada “O Estranho Caso do Cachorro Morto”, dirigido por Moacyr Goes. Não resta dúvida que a presença de Leon acrescenta muito à companhia de Marco dos Anjos, mas é preciso ressaltar que a recíproca é verdadeira. Todos ganham ao final com a incorporação de Leon Goes nesse espetáculo da Trupe.

O Pequeno Autor @ CCBB

Se a tríade texto/direção/elenco já são por si só um êxito em “O Pequeno Autor”, é preciso chamar atenção para o extremo apuro técnico da produção do espetáculo. A começar pela excepcional cenografia assinada por Teca Fichinski, criando uma atmosfera absolutamente lúdica, com os móveis e utensílios formados a partir do amontoado e da junção de incontáveis livros, colocando em cena um clima poético e lúdico, tendo ao fundo um cenário igualmente composto por livros e que ao mesmo tempo funciona como transparência, através de um interessante jogo de luzes a cargo de Paulo Roberto Moreira.

Uma das características dos trabalhos da Trupe do Experimento é a presença de música ao vivo no palco, para isso o espetáculo conta com a direção musical assinada por Marcelo Alonso Neves  e no caso deste espetáculo com a participação em cena dos músicos Fellipe Mesquita(tal como já havia feito em “Vila Maria”) e Roberto Bahal, que acabam atuando também com seus instrumentos como sonoplastas. Há ainda o Belo figurino de Carol Barros e Paulo Kandura, perfeito na leitura do universo fantasioso proposto. É preciso ressaltar também o trabalho de Fabricio Ligiero na direção dos movimentos. Ligiero, parceiro de trabalho de Marco dos Anjos em uma série de projetos, tem sempre importância vital nos seus espetáculos.

O Pequeno Autor” é um daqueles espetáculos que confirmam a máxima de quem ninguém faz teatro sozinho. É um acerto completo de todos os departamentos que fazem parte de uma peça teatral. Além de ser uma das mais belas e criativas peças infantis que entraram em cartaz neste ano no Rio de Janeiro, apresenta ao público uma autora que ainda ouviremos falar muito nos próximos anos.

* Fotos de cena: Rodrigo Menezes

O Pequeno Autor
Centro Cultural Banco do Brasil – Centro – Rio de Janeiro
Temporada: Até 26 de outubro

O Pequeno Autor @ CCBBFicha Técnica:
Texto: Nathalia Colón
Direção: Marco dos Anjos
Com Daniel Carneiro, Felipe Valle, Leon Góes, Maria Penna Firme e Monique Bernal.
Direção Musical: Marcelo Alonso Neves
Direção de Movimento: Fabrício Ligiero
Figurino: Carol Barros e Paulo Kandura.
Visagismo: André Vital
Cenografia: Teca Fichinski
Iluminação: Paulo Roberto Moreira
Preparação Vocal: Nani Valente
Músicos: Fellipe Mesquita e Roberto Bahal
Assistência de direção: Muriel Vieira
Assistência de direção musical: Daniel Carneiro
Designer Gráfico: Fabrício Sacramento
Direção de Produção: Caroline Alcova
Realização: Trupe Produções Artísticas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930