Crítica: Os Saltimbancos


 

 OS SALTIMBANCOS 10

Passados 37 anos desde sua primeira montagem, não resta dúvida de que “Os Saltimbancos” é um dos mais clássicos textos do teatro infantil brasileiro e nada mais justo que esse belíssimo musical continue a ser encenado em 2014, ano em que celebramos os 70 anos do seu autor, Chico Buarque. A montagem está em cartaz atualmente no teatro Vanucci, localizado no Shopping da Gávea, com direção de Maria Lucia Priolli.

O texto é uma adaptação da fábula “Os Músicos de Bremen”, história que durante a idade média se perpetuou pela tradição oral, até que os irmão Grimm recolheram o conto e deram sua forma considerada como definitiva. É um texto tão rico, que nos séculos seguintes serviram de base para uma série de adaptações e interpretações sobre seu real significado. Na década de 70 o produtor e compositor italiano Sérgio Bardotti, com ajuda do genial maestro argentino Luiz Enríquez Bacalov criaram um musical inspirado no conto, que em plena turbulência da sociedade italiana dos anos 70 continha toda uma alegoria política, na qual o burro seria uma representação dos trabalhadores no campo, a galinha seria a classe operária, o cachorro representaria os militares e a gata a metáfora dos artistas. De seu exílio na Itália e das grandes relações de trabalho e amizade travadas naqueles anos, Chico Buarque trouxe o texto para o Brasil realizando sua adaptação, numa montagem considerada por muitos como antológica no palco do Canecão, com Marieta Severo, Miúcha, Pedro Paulo Rangel e Grande Otelo.

A diretora Maria Lucia Priolli mantém uma longa intimidade com esse texto de Chico Buarque, pois no mesmo Canecão encenou uma montagem em 1992 que ficou vários anos em cartaz. O texto e a montagem são tão boas que, na verdade, que Maria Lucia praticamente não deixou mais de montá-lo nesses últimos 20 anos, demonstrando que o público jamais se cansa desse espetáculo, assim como novas gerações vão tendo a oportunidade de entrar nesse universo e se encantar com as suas lindas canções.

O espetáculo tem como sinopse a história de quatro animais que se encontram numa estrada! Fugidos de seus patrões por maus tratos, formam um conjunto musical e através desta união, conseguem ser felizes. Seguem então um caminho de liberdade, com harmonia e felicidade, rumo a um futuro melhor, onde o amor, o respeito e a amizade é o lema de suas vidas!

Maria Lucia Priolli, além de diretora é atriz e bailarina. É desses casos de rara dedicação ao teatro infantil, aonde não o utiliza com o uma passagem para algo “superior”, mas sim como um fim. Sua montagem de “Os Saltimbancos” é um reflexo dessa sua entrega e visceralidade, um espetáculo aonde pode-se notar essas suas características em cada detalhe, colocando em cena todo o seu empenho para dar o melhor para o público. Como me disse o ator André Rayol(que na peça interpreta do cachorro): “pessoa de teatro de verdade”.

Essa montagem de “Os Saltimbancos” tem a cara de sua diretora, um espetáculo feito com enorme paixão pelo teatro. Conta com um elenco extremamente competente, com atores experimentadíssimos, a começar pela própria Maria Lucia Priolli, no papel da gata. Tem ainda André Rayol, que quem acompanha nosso blog sabe da admiração que temos por esse ator, perfeito e talhado para o espetáculo, um outro caso de um artista completamente apaixonado por sua profissão, como podemos constatar na entrevista que nos deu alguns meses atrás(que pode ser lida AQUI). Juliana Duarte é a galinha, atriz que tivemos a oportunidade de ver recentemente numa atuação bem engraçada em “A Dama e o Vagabundo” e o papel do jumento é defendido por Rodrigo Pitanga, ator e cantor, que impossível não notar sua segurança em cena e que já vem atuando há algum tempo junto com Maria Lucia Priolli.

Como não podia de ser, além das qualidades de texto e do elenco, ainda temos a oportunidade de ouvir e cantar algumas das mais belas canções infantis da música brasileira, como “Todos Juntos”, “Bicharia” e “História de uma Gata”, coreografadas por Maria Lucia.

Os Saltimbancos” é um daqueles espetáculos que deixam todos felizes ao seu final, crianças por se divertirem com aqueles incríveis personagens e pais com a sensação de “dever cumprido” por terem a certeza que levaram seus filhos para uma peça teatral de qualidade, aonde é possível aos pequenos espectadores compreenderem a importância da liberdade para desenvolvermos nossas potencialidades e que somente com a união podemos vencer grandes desafios que pensávamos a princípio inatingíveis.

Os Saltimbancos
Teatro Vanucci – Shopping da Gávea
Sextas-Feiras 17:00
Sábados e Domingos 15:00

Texto e músicas : Chico Buarque
Consultoria artística : Ernesto Piccolo
Direção : Maria Lucia Priolli
Elenco(Ordem alfabética) : André Rayol; Juliana Duarte; Maria Lucia Priolli; Rodrigo Pitanga e coro de crianças e jovens da Cia Oficina de Artes Maria Lucia Priolli

Palpites para este texto:

  1. Renato, obrigada pela linda crítica, venha sempre nos ver! Um beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031