Melhores e Mais Acessados Espetáculos de 2017


 
Foto: Renato Mello

Foto: Renato Mello

Por Renato Mello

Listas são sempre complicadas e raramente se chega a alguma concordância através delas. Não foi um ano muito fácil para mim que por alguns problemas particulares fui obrigado a alguns recuos e cancelamentos a espetáculos anteriormente agendados, mas ainda assim foram mais de 150 peças teatrais, sem contabilizar os infantojuvenis. Apresento os espetáculos que julguei como os melhores, ressalvando que foram relacionados em ordem alfabética:

  • Um Bonde Chamado Desejo, direção Rafael Gomes
  • Dançando no Escuro, direção Dani Barros
  • Ela, direção Paulo Verlings
  • Hamlet, direção Paulo de Moraes
  • O Jornal – The Rolling Stone, direção Kiko Mascarenhas e Lázaro Ramos
  • O Pão e a Pedra, direção Sergio de Carvalho
  • Pagliacci, direção de Chico Pelúcio
  • Sobre Ratos e Homens, direção Kiko Marques
  • Suassuna – O Auto do Reino do Sol, direção de Luiz Carlos Vasconcellos
  • Tom na Fazenda, direção Rodrigo Portella

 

A lista abaixo representa as críticas mais acessadas do Botequim Cultural ao longo de 2017. Cabe destacar que “O Homem de la Mancha” é pelo 3º ano consecutivo o texto mais acessado do Botequim Cultural.

O Homem de la Mancha, direção Miguel Falabella
Suassuna, o Auto do Reino do Sol, direção Luiz Carlos Vasconcellos
E se eu Não te Amar Amanhã, direção Sandra Werneck
Polacas, as Prostitutas Judias, direção Dinho Valladares
A Bruxinha que Era Boa, direção Cacá Mourthé
Ubu Rei, direção Daniel Herz
Bituca, Milton Nascimento Para Crianças, direção Diego Morais
Casa de Bonecas, direção Roberto Bomtempo e Symone Strobel
Tra La Lá, direção Ana Paula Abreu
10º Ayrton Senna – O Musical, direção Renato Renato Rocha

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031