Crítica: Modern Family


 

.

Texto de  Adriana Mello.

Sempre fui muito fã das séries americanas. Durante um tempo fui muito viciada em todas as séries que o Canal Sony, Fox e Universal passavam. Assistia a todas! Mas com um tempo fui perdendo o interesse e parei de assistir. Mas de um tempo para cá, fui ficando mais curiosa a respeito. Uma das séries que sempre chamou minha atenção é “Modern Family”, toda vez que assistia a um trecho ficava fascinada pelo que via. Um dia, passeando na Livraria Saraiva, me deparei com uma caixinha com as 3 temporadas da série. Ela estava lá em um cantinho sorrindo para mim.

A série gira em torno da família Prichett. O patriarca Jay (Ed O’Neill) é casado com a bela (e hilária) colombiana Gloria (Sofia Vergara) e cria o filho pré adolescente de Gloria, Manny Delgado (Rico Rodriguez). A filha de Jay, Claire (Julie Bowen), é casada com o atrapalhado corretor de imóveis, Phil Dunphy (Ty Burrell). O casal tem 3 filhos: a adolescente, Haley (Sarah Hyland),  a inteligentíssima, Alex (Ariel Winter), e o caçula Luke (Nolan Gould).  O outro filho de Jay, Mitchell (Jesse Tyler Furgson) é casado com o simpático Cameron Tucker (Eric Stonestreet) e os dois adotaram a vietnamita Lily. “Modern Family” foca no relacionamento de Jay e seus filhos e na dificuldade do rabugento patriarca em aceitar Phil e Cameron na vida de seus filhos.

Os conflitos vividos pela família Prichett divertem e por vezes até emocionam. A série tenta ser um retrato do conceito do que seria uma “tradicional” família nos dias atuais, aonde não existe mais papeis pré-estabelecidos, mostrando como uma família aparentemente tão confusa pode ser mais unida do que muitas outras chamadas de “normais”, aonde aparecem figuras contemporâneas que não é lá muito difícil encontrarmos a nossa volta, como “a madrasta”, “o enteado do meu pai”, “o parceiro do meu filho”, “os filhos do meu marido”, “minha neta adotada”, etc.

O seriado já recebeu diversos prêmios como melhor série cômica. Seu brilhante e competentíssimo elenco também já foi premiado. Aliás, uma das razões do sucesso da série está em seu elenco. Todos estão irretocáveis em seus personagens. Não é a toa que todos seus atores estão entre os indicados aos mais importantes prêmios de tv nos EUA (Emmy, Globo de Ouro, SAG, só para citar alguns.

No fim da terceira temporada, os atores: Sofia Vergara, Julie Bowen, Ty Burrel, Jesse Tyler Furgson e Eric Stonestreet, entraram com um processo contra a Fox reivindicando maiores salários. A série ficou ameaçada e leitura de mesa do início da quarta temporada teve que ser adiada. Mas no fim, deu tudo certo e a quarta temporada de “Modern Family” já está no ar nos Estados Unidos.

Se você gosta de rir de situações inusitadas (às vezes até bobas demais), “Modern Family” é para você.  Quanto a mim, aguardo ansiosa pela quarta temporada, mas pelo jeito ainda vai demorar.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31