Nos Bastidores do Teatro Infantil: Série de Entrevistas: 16.Alexandre Lino


 

alexandrelino10

Por Renato Mello.

lino1Alexandre Lino não para! Ator e produtor que em raríssimos momentos não está com alguma produção em cartaz num teatro da cidade, às vezes em até mais. Para não negar sua fama de artista empreendedor, Alexandre estreia no próximo dia 11 de janeiro dois espetáculos simultaneamente: “As Aventuras de Pinóquio” e “O Duende Rumpelstiltskin”, ambos no Teatro dos 4, Shopping da Gávea.

Para nos falar um pouco dessas estreias e expressar seu pensamento sobre o universo do teatro infantil, Alexandre Lino nos concedeu esta entrevista.

Pinóquio-1-Janderson-Pires

Fotos: Janderson Pires.

BC: –   Conte-nos um pouco sobre o processo de adaptação até chegar ao resultado final de “As Aventuras de Pinóquio”?
AL: – O nosso autor Daniel Porto é um apaixonado pelo universo infantil. E Pinóquio é um de seus personagens preferidos. Curiosamente é minha história predileta e também de nossa diretora Carina Casuscelli (que tem nacionalidade italiana). A partir dessa identificação estimulamos ao Daniel para que escrevesse e ele topou imediatamente. Seguimos pesquisando e no ano passado fomos para Itália para aprofundar o estudo e tentar fazer uma adaptação mais fiel ao original. Carina em Roma e nós em Florença. Voltamos com muito material e uma vontade enorme de levar Pinóquio aos palcos. Contamos com as preciosas dicas do amigo e ator italiano Salvatore Urzi que nos orientou com precisão. De volta ao Brasil Daniel fez a suas escolhas e nos apresentou o texto final que gostamos muito. Reunimos uma equipe e elenco que entendeu perfeitamente essa ideia e abraçou o projeto.

BC –   Você está estreando, através da sua produtora, 2 espetáculos infantis simultaneamente, “As Aventuras de Pinóquio” e “O Duende Rumpelstiltskin”. Quais as grandes dificuldades de viabilizar e estrear 2 espetáculos ao mesmo tempo?
AL: – Falta de patrocínio. Não é fácil produzir sem incentivos. Estrear duas peças é trabalho dobrado, mas pode ser minimizado com uma equipe mais ampla, o que nesse caso não se aplica. Sou um Artista empreendedor e quando acredito e desejo realizar um projeto não meço esforços. O que ainda tornar isso possível são os parceiros de muitos anos. Mas vou parar um pouco com essa brincadeira. rs. Os produtores amigos já me chamam de louco.

BC: –   São 2 trabalhos baseados em contos famosos. Vocês procuraram ser fieis ou houve espaço para recriação em cima das histórias originais?
AL: – Nos dois casos as peças foram escritas por Daniel Porto. Ele fez essa opção, de ser fiel aos originais, e eu considero a escolha mais inteligente. Claro que toda adaptação sofre interferências de quem escreve, mas nesses dois trabalhos a preocupação é não subestimar a inteligência das crianças e nisso as histórias originais são perfeitas.

O DUENDE DE RUMPELSTILTSKIN-By Janderson Pires-1403 ok (1)

duende6

BC: –  Quem é o Duende que você interpreta nesse espetáculo?
AL: – Um personagem sensacional. Repleto de humor, sarcasmos e de uma inteligência maliciosa que beira a perversidade. Eu gosto muito. O Duende é aquela criança que chamamos de “capetinha”. E nesse contexto fala de coisas muito sérias. Os  Grimm são geniais.

BC: – Você apresentou “O Duende Rumpelstiltskin” no Imperator com enorme êxito. Qual sua expectativa para o espetáculo nessa temporada no Teatro dos 4?
AL: – Antes da temporada do Imperator fizemos três semanas em São Paulo no belo Teatro J. Safra. A temporada paulista nos rendeu a Indicação na lista do Melhores do Ano do Guia da Folha de São Paulo. Aqui no Rio O Imperator é um teatro que gosto muito de trabalhar por sua qualidade em termos estruturais, de equipe e curadoria. Foi mais uma vez uma bela parceria que quero retomar com Pinóquio. Em relação ao Teatro dos 4 tenha sempre as melhores expectativas. É outra casa que honra o teatro de qualidade. Tomara que repitamos o sucesso.

BC: –   Atuar e produzir teatro infantil te realiza como artista?
AL: – Essa é a realidade de minha geração. Me orgulho de ter entendido isso a tempo. Sou um Artista Empreendedor e hoje tenho o prazer de formar pessoas com essa visão de mercado. Produzir e atuar no teatro infantil é tão prazeroso como fazer teatro para adultos.

duende7

BC: –   Você possui um trabalho de parceria de projetos anteriores com os diretores Carina Casuscelli, Daniel Dias da Silva e com o autor Daniel Porto. Como funcionam na prática essas parcerias. Você encomenda os projetos ou eles são propostos para você?
AL: – Normalmente eu proponho, mas o contrário também acontece. Gosto de desenvolver ideias interessantes com artistas que admiro. Carina, Daniel Dias e Daniel Porto são amigos e profissionais que adoro. Com Carina já são 3 peças (O Pastor, Mentes Mentem e Pinóquio), com Daniel Dias meus três infantis anteriores (O Gato de Botas – O Musical, O Boi da Cara Preta e O Duende Rumpelstiltskin) e com Daniel Porto 4 textos seus (O Pastor, O Duende Rumpelstiltskin, Acabou o Pó e As Aventuras de Pinóquio). Com esses eu devo fazer outros tantos ainda. E já temos projetos.

BC: –   Ao contrário do que se pensa, teatro infantil não tem nada de amador. Existe um mercado de atores, diretores, autores e toda uma cadeia de produção. Você não acha que existe nesse segmento um enorme potencial que ainda não foi atingido?
AL: – O teatro infantil sofre menosprezo até pela própria classe. É visto com algo menor em relação ao teatro adulto. Existe sim um trabalho de qualidade e referência. A Artesanal Cia de Teatro leva Oscar Wilde para as crianças e outras peças formidáveis há quase duas décadas, Karen Acioly com sua produção e curadoria impar no Centro de Referência de Teatro para Infância e Juventude, o trabalho lindo da Ana Barroso e Monica Biel com Lasanha e Ravioli e muitos outros. Isso é teatro da melhor qualidade e um potencial já desenvolvido, porém sem o reconhecimento merecido. Existe um problema que é a profusão de peças oportunistas e cópias baratas de filmes da Disney e Discovery Kids. Isso tomou um lugar que deprecia a categoria. Em São Paulo isso já foi matéria recente na Folha e discussões sérias. Falta isso aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031