Os Tapetes Contadores de História: Da Palavra ao Fio


 
Clau Pavesi

O GRUPO OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS

APRESENTA A 4ª EDIÇÃO DO PROJETO DA PALAVRA AO FIO 

Oficinas sobre a arte de contar histórias, apresentações para crianças, mediações e criação de repertório fazem parte da programação que terá início em março

Bibliotecas populares da Tijuca, Campo Grande, Ilha do Governador e Jacarepaguá estão no roteiro todo gratuito

Seja escrita ou falada, a palavra nos conduz ao mundo da imaginação. Como um fio que liga um ponto a outro, a palavra costura histórias, cria vínculos e transforma o nosso pensamento. Com a proposta de incentivar o hábito da leitura entre crianças e jovens, o ator e contador de histórias Cadu Cinelli e Os Tapetes Contadores de Histórias criaram o projeto Da Palavra Ao Fio, que desenvolve diversas ações de integração entre bibliotecas públicas e a comunidade de seu entorno. Este ano, em sua 4ª edição, ampliou sua atuação para mais dois bairros cariocas. Além de Tijuca e Campo Grande, o grupo também estará na Ilha do Governador e Jacarepaguá. A programação toda gratuita terá início em 16 de março.

Sessões de histórias, oficinas e estudos compartilhados fazem parte da proposta do projeto Da Palavra Ao Fio, assim como mediações em escolas próximas. “Da história ao tapete, da criança à biblioteca, da conversa ao encontro. Nossa vontade é que o vínculo afetivo possa aproximar, alinhavar e dar gosto ao encontro entre arte e seu público”, define Cadu Cinelli, coordenador do projeto.

De março a novembro, o projeto apresentará 36 Sessões de Histórias, uma por mês, nas quatro bibliotecas. Fazem parte do roteiro contos populares dos cinco continentes (África, América do Sul, Europa, Ásia e Oceania) e de autores como Ricardo Azevedo, Ana Maria Machado, Jutta Bauer e Graciliano Ramos. Histórias como “A galinha que subiu até o céu”, “A rainha das cores”, “Jojo – A vaca”, “O mistério das Ilhas Pachacamac”, “Como o sol passou a brilhar no mundo”,                  “O espelho mágico”, “O pavão do abre e fecha”, “A galinha que criava um ratinho”, entre outras.

Em cada apresentação, dois integrantes do grupo narrarão de três a quatro histórias, com a utilização de tapetes e objetos de tecido confeccionados pelos próprios artistas. A biblioteca receberá cenografia especial, almofadas e carpetes coloridos que servirão de ambientação para a contação de histórias.

Cinco oficinas sobre a Arte de Contar Histórias e seus desdobramentos, voltadas para o público adulto, serão realizadas com o objetivo de capacitar e sensibilizar nesta arte. Os participantes se tornarão multiplicadores e agentes narrativos podendo aplicar e desenvolver ações em seus contextos comunitários e profissionais. Além das quatro instituições que integram esta edição, a Biblioteca Popular Municipal de Botafogo também receberá uma oficina. Oito Encontros sobre temas ligados aos processos de mediação, arte educação, leitura e criação artística serão realizados nas bibliotecas (dois em cada unidade). A cada encontro será sugerida uma leitura, ou outro material, para ser guia de reflexão.

Através de dinâmicas, jogos, conversas e narração de histórias, Cadu Cinelli coordenará a Mediação entre as bibliotecas e as instituições de ensino do entorno. A ideia é aproximar ainda mais estes dois polos culturais e educacionais. E, sobretudo, trabalhar para que as ações propostas se desenvolvam com autonomia a partir do projeto. Com visitas regulares às escolas atendidas pelas ações, a mediação investigará demandas, participação do centro de estudos dos conselhos pedagógicos e introdução aos temas apresentados nas sessões nas bibliotecas.

SOBRE O PROJETO – DA PALAVRA AO FIO

Da Palavra ao Fio teve início em 2011, quando recebeu a Bolsa Funarte de Circulação Literárias. Com formato diferente do atual, o grupo realizou ações artísticas, entrevistas e de formação nas cidades de Lençóis (BA), São Francisco de Itabapoana (RJ), Serra Azul de Minas e Milho Verde (MG). A proposta já era aproximar a prática narrativa dos espaços educacionais, abrindo o olhar para que todos os frequentadores destes espaços se tornassem potenciais narradores.

Em abril de 2012, com apoios do Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural do Ministério da Cultura, UNESCO e L’École du Patrimoine Africaine, o projeto foi convidado para integrar a ação “L’art de la liberté”, do grupo The Company of Commom Sense, dirigido por Inno Sorsy. L’art de la liberté’ consistiu na criação de painéis e livros por menores detentos da Prisão Civil de Porto Novo em Benin.

Em 2014, em sua terceira edição, o grupo realizou ações nas Bibliotecas Populares da Tijuca e Campo Grande, no Rio de Janeiro, cativando as escolas parceiras que passaram a frequentar com seus alunos as bibliotecas. Notou-se o desenvolvimento das crianças e jovens no âmbito educacional, especialmente na escrita e leitura, relatados pelos professores, educadores e pelos próprios pais, quando encontrados nas mediações realizadas em reuniões escolares. No total, 2.500 pessoas participaram da 3ª edição. Site oficial do projeto: http://www.dapalavraaofio.com

Tapetes_fotoRenatoMangolin

SOBRE O GRUPO OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS

Criado em 1998, o grupo de atores e contadores de histórias é formado por Andrea PinheiroCadu CinelliEdison MegoHelena ContenteIlana PogrebinschiRosana Reátegui eWarley Goulart. A companhia produz e realiza espetáculos, sessões de histórias, oficinas, exposições interativas e projetos culturais que envolvem oralidade, artes visuais e teatro.

Com coordenação de Cadu Cinelli Warley Goulart, o grupo cria e utiliza diferentes objetos (tapetes, painéis, malas, aventais, roupas, caixas e livros de pano) como cenários de contos autorais e populares de origens diversas, com o intuito de despertar o imaginário de crianças, jovens e adultos para as artes e a leitura.

Atualmente, o grupo tem um acervo de 54 objetos que correspondem a um repertório que vai desde contos populares de origens diversas (Ásia, África, América do Sul e Europa) a escritores como Ana Maria Machado, Carlos Drummond de Andrade, Jutta Bauer, Manoel de Barros, Marina Colasanti, Peter Bichsel e Ricardo Azevedo.  Site oficial:http://tapetescontadores.com.br

Fotos: Renato Mangolin e Clau Pavesi Jr

SERVIÇO “DA PALAVRA A FIO”

SESSÕES DE HISTÓRIAS
Local: Biblioteca Popular Municipal da Tijuca
Data: dia 16 de março, às 14h.
Próximas apresentações: 13/04, às 10h; 18/05, às 14h; 23/06, às 10h.
Endereço: Rua Guapeni, 61.
Informações: (21) 2204-0752
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos
Entrada franca

Local: Biblioteca Popular Municipal de Campo Grande
Data: dia 23 de março, às 14h.
Próximas apresentações: 06/04, às 10h; 11/05, às 10h; 16/06, às 14h.
Endereço: Praça Thelmo Gonçalves Maia, s/nº
Informações: (21) 3394-5509
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos
Entrada franca

Local: Biblioteca Popular Municipal Ilha do Governador
Data: dia 30 de março, às 10h.
Próximas apresentações: 13/04, às 14h; 25/05, às 10h; 30/06, às 14h.
Endereço: Praça Danaides, s/n – Cocotá
Informações: (21) 3368-7797
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos
Entrada franca

Local: Biblioteca Popular Municipal Jacarepaguá
Data: dia 30 de março, às 14h.
Próximas apresentações: 06/04, às 14h; 04/05, às 14h; 09/06, às 10h.
Endereço: Rua Dr. Bernardino, 218/ Praça Seca
Informações: (21) 3833-0084
Duração: 60 minutos
Capacidade: 50 pessoas
Classificação indicativa: a partir dos 4 anos
Entrada franca

OFICINAS ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS

· MAIO

Inscrições de 27 de abril a 3 de maio pelo e-mail oficina.tapetes@hotmail.com
Local: Biblioteca Popular Municipal de Botafogo
Endereço: Rua Farani, 53.
Informações: (21) 2551-1449
Com Warley Goulart
Data: segundas, quartas e sextas, de 18 de maio a 01 de junho.
Horário: 13h30 às 16h30
Vagas: 25 participantes.

· JULHO

Inscrições de 1 a 5 de julho pelo e-mail oficina.tapetes@hotmail.com

Local: Biblioteca Popular Municipal da Tijuca
Endereço: Rua Guapeni, 61.
Informações: (21) 2204-0752
Com Cadu Cinelli
Data: segundas e quartas, de 6 a 27 de julho.
Turmas: manhã (de 9h às 12h)
Vagas: 25 participantes.

Local: Biblioteca Popular Municipal Jacarepaguá
Endereço: Rua Dr. Bernardino, 218/ Praça Seca
Informações: (21) 3833-0084
Com Cadu Cinelli
Datas: terças e quintas, de 7 a 28 de julho.
Horário: 13h30 às 16h30.
Vagas: 25 participantes.

Local: Biblioteca Popular Municipal de Campo Grande
Endereço: Praça Thelmo Gonçalves Maia, s/nº
Informações: (21) 3394-5509
Com Warley Goulart
Data: segundas e quartas, de 6 a 27 de julho.
Horário: 13h30 às 16h30.
Vagas: 25 participantes.

Local: Biblioteca Popular Municipal Ilha do Governador
Endereço: Praça Danaides, s/n – Cocotá
Informações: (21) 3368-7797
Com Warley Goulart
Datas: terças e quintas, de 7 a 28 de julho.
Horário: 9h às 12h
Vagas: 25 participantes.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PALAVRA AO FIO
Paula Catunda
paula.catunda@gmail.com

Bianca Senna
bianca@astrolabiocom.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930