Teatro SP: Hoje é Dia de Maria, O Musical


 

maria

Por Marco Fontinha

Hoje é dia de Maria, O Musical” é pura magia e encantamento! Um passeio lúdico.

O roteiro original de Carlos Alberto Sofredini, foi inspirado em uma coletânea de contos de Câmara Cascudo e Silvio Romero, entre eles: “A menina da figueira“, “Lenda do dia e da noite” e “Cinderela“. Adaptação fiel de Francisca Braga.

Entre os grandes acertos do espetáculo se encontram as músicas escolhidas, pois são canções conhecidas de compositores consagrados, entre eles: Gonzaguinha, Caetano Veloso, Eduardo Dusek, Almir Sater, Renato Teixeira e até Victor Chaves da dupla Victor e Leo.

Parabéns ao diretor musical Dyonisio Moreno!

As performances dos artistas no palco são outro ponto alto.

Ligia Paula Machado que faz a protagonista, é uma artista completa. Canta, dança, toca flauta, sapateia, interpreta, faz acrobacias, co-dirige e coreografa. Encantadora no palco. Cleto Baccic em plena forma, vive o pássaro incomum e seu voo sobre o palco é realmente espetacular. Kleber Montanheiro rouba a cena interpretando a madrasta. Simplesmente maravilhoso, ou maravilhosa, além da direção de arte, coreografias e figurinos. Tudo muito bonito.

Luiz Araújo vive o pai, e quando solta a voz, é de tirar o fôlego. Com um elenco de peso composto por Camila Brandão (Joaninha), Alberto Goya (Elemento Fogo), Guilherme Pivetti (Elemento Fogo), João Canedo(Elemento Água), Roger Ciel (Conexão com Deus), Vittor Fernando(Elemento Ar) e Hícaro Nicolai (Elemento Terra), afiadíssimos nas interpretações, canções e números musicais. Agradam em tudo.

Orquestra composta por 8 excelentes músicos: Murilo Emerenciano, Guto Brambilla, Renan Cacossi, Jonatan Motta, João Pardal, Felipe Machado,Mathilde Porto Fillat e Rafael Lourenço,
Os números musicais de sapateado e as acrobacias são uma escolha perfeita e torna tudo ainda mais encantador.

Mas honestamente, o ponto mais emocionante foi ver Felipe Machado, que além de fazer parte da orquestra, interpreta o menino boia fria. Entra no palco com um violão, contracena maravilhosamente com Ligia, e quando senta no palco começa a tocar seu violão e cantar Rosa de Hiroshima, sem palavras. Futuro brilhante para esse menino!

Ótima direção de Dan Rosseto acompanhado de Kleber e Ligia.

IMPERDÍVEL!  RECOMENDADO!

20161003_2258071

Foto: Marco Fontinha

Produzido por MP – Produção Cultural
Assessoria de imprensa Fabio Camara, nossos agradecimentos.
No Complexo Ohtake Cultural – Teatro Cetip
Rua Coropés, 88 Pinheiros, São Paulo.
Sextas e sábados as 21h e domingos as 18h
Ingressos na bilheteria ou na T4F Musicais
Classificação: 12 anos
Até 27 de novembro


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031