Top 10: Traumas de Infância – Cinema e Televisão


 

Por Adriana Mello.

O Homem do Sapato Branco
Para falar bem a verdade, lembro muito pouco desse programa. Quase nada para ser bem sincera, de flashes e de closes de um homem andando com um sapato branco e uma voz sinistra anunciava: O Ho-mem-do-Sa-pa-to-Bran-co .  O Homem do Sapato Branco em questão se tratava de Jacinto Figueira Junior, o precursor do mundo cão não televisão.

 

A Zebrinha do Fantástico
A “Zebrinha do Fantástico” era uma personagem até bonitinha, coitada, mas me apavorava! Ela era responsável por anunciar os resultados da Loteria Esportiva durante o programa “Fantástico”. A Zebrinha era uma personagem polêmica; algumas crianças amavam e outras, como eu, tinham verdadeiro pavor. O que mais me assustava nela era, sem dúvida, a voz, principalmente quando ela falava: “coluna do meeeeeeiiiiooooo”. Aí, se eu ainda estivesse em frente a tv, corria.

Malévola
Claro que não podia faltar uma vilã da Disney na minha lista, né?  A Malévola era a vilã que mais me metia medo. Sei lá, era uma figura meio estranha com aqueles chifres na cabeça, aquela roupa preta, aquele corvo no ombro, a cor de pele esverdeada… enfim, uma figura medonha! Lembro-me de ter pesadelos recorrentes com a Malévola. Hoje, acho bonitinho minha morrer de medo e se recusar terminantemente a assistir a recente versão com Angelina Jolie no cinema.

Tubarão
Muito tempo antes de ter medo de mergulhar nas águas do Recife, Steven Spielberg me criou pânico de entrar no mar da praia do Leblon mesmo.  Com efeitos especiais que hoje parecem toscos, mas era o que havia de mais moderno na época, aquele tubarão gigante e cheio de dente que arrancava as pernas de todo mundo causava pânico em plateias pelo mundo afora. Spielberg, que sempre soube trabalhar a música em seus filmes, fazia o espectador sofrer antes do bicho aparecer, bastava a aterrorizante música tocar que todos ficavam apavorados aguardando o momento do ataque.

Rubens De Falco
Se você não assistiu novelas durante as décadas de 70 e 80, provavelmente nunca ouviu falar nesse grande ator,que sem dúvida foi um dos maiores do país, e deve estar se perguntando: “Quem??????”.  Então eu vou contar para vocês; Rubens de Falco era o maior vilão de novelas nos anos 70 e 80. Mas ele não era um vilão qualquer, o homem personificava o demônio em seus personagens! Sabem a Odete Roitman? Era a Fada Sininho perto dele. Seus personagens não eram apenas maus, eram aterrorizantes. Só com um olhar dele, o telespectador ficava em pânico! Falco interpretou inúmeros vilões em sua carreira, mas os mais assustadores foram o Leôncio de “Escrava Isaura” (Essa eu vi na reprise!) e Barão de Araruna de “Sinhá Moça”.  Eu tenho um amigo que conta que quando fazia malcriação, a mãe o ameçava: “Se você não parar, vou chamar o Leôncio” . Ele ficava tão apavorado, que ficava quieto por dias.  Em 2008, Rubens de Falco,  morreu em São Paulo, muitíssimo magoado com a televisão alegando ter sido esquecido por esta.

Secos e Molhados
Sério, alguma criança não tinha medo do Ney Matogrosso fantasiado e todo pintado?

Abertura do Fantástico
Quem me conhece sabe que tenho uma fobia na vida. Não consigo me controlar diante de um palhaço. Não tenho palavras para descrever o que sinto é muito mais do que mais pavor! Diante de um palhaço fico nervosa, boca seca, tremo, suo frio, fico pálida… algo totalmente irracional. Anos de terapia me levam a crer que foi culpa dessa abertura do fantástico. Como ficava apavorada! Todo domingo a noite ficava sem dormir por causa dessa abertura. Um horror! Bozo, e seu horroroso cabelo vermelho, também contribuiu fortemente para meu medo de palhaço.

Filme Sobre Nossa Senhora de Fátima
Eu sou e sempre fui sempre fui super católica, inclusive muito devota de Nossa Senhora de Fátima. Mas todo 13 de maio,dia de N.S de Fátima, a Globo exibia um filme sobre a aparição de N.S de Fátima que me impressionava MUITO. Como tinha medo! Tudo me deixava assustada. As criancinhas sofriam o filme inteiro, ninguém acreditava nelas, morria todo mundo… Para uma criança não era fácil de entender.Como agravante, era comum coincidir a exibição do filme com algum feriado que eu estivesse em minha casa em Teresópolis, que era um dos lugares mais assustadores da vida!

Cuca ( Sítio do Pica Pau Amarelo)
A Cuca era uma velha, com cara de jacaré e com voz assustadora que aparecia para as crianças que não obedeciam seus pais. Sítio do Pica Pau Amarelo era o meu programa favorito da infância, mas bastava a Cuca a aparecer para que eu corresse! Figura apavorante! Só Monteiro Lobato para criar um personagem desses.

Dentro do programa também merece destaque: Minotauro. Foi uma escolha muito difícil entre ele e a Cuca. Mas a Jacaroa me traumatizou bem mais.

A Morte de Heather O’ Rourke (menina de Poltergeist)
Sabe quando você é pirralha e metida a ser suuuuper corajosa (geralmente em grupo)? Pois é. Assistia filme de terror e ficava morrendo de medo depois. “Poltergeist” me causava (ok, ainda causa) arrepios e calafrios. Mas medo mesmo senti quando descobri que Heather O’ Rourke (a fofa atriz lourinha protagonista da série de filme) tinha morrido. Detalhe: naquela época, Internet era algo imaginável, então as notícias chegavam aqui com a mesma velocidade de um barco a vela. Só ficamos sabendo da morte de Heather meses e meses depois de ocorrida. A causa então nem se fala! O fato foi explorado de todas as maneiras. Lembro que chegaram a colocar como chamada na caixa do vídeo cassete (DVD??? Oi???).  Hoje se sabe que a atriz, com 12 anos na época, morreu vítima de uma obstrução intestinal.

Menção Honrosa:
Marcelo Rezende no Linha Direta
Eu não era mais criança quando Marcelo Rezende apresentava o Linha Direta na Rede Globo, longe disso, mas tinha tanto, mas tanto, TANTO medo dele que tive que incluí-lo. Na verdade, um cara que consegue apavorar uma burra velha merece uma menção honrosa, né?

 


Palpites para este texto:

  1. Acho que tenho mais medo do Marcelo Rezende HOJE do que na época do ‘Linha Direta’.
    Aliás, por causa desse programa que tive uma crise de riso na Praia de Botafogo, quando descobri o tal Edifício Rajah, que volta e meia era cenário de alguma tragédia do ‘Linha Direta’

    ‘Tubarão’ e ‘Poltergeist’ são filmes que tenho um certo medinho de ver até hoje!
    E a Cuca era meio medonha mesmo na minha infância…

  2. Nossa fui fazer uma busca e me deparei com este texto. Minha família sempre contava a história de fátima, daí na minha escola passava este filme umas três vezes ao ano, o VHS já estava meio comido.

    Imagine que eu fiz o pré primário dentro da “igreja nossa sra de fátima”, era um lugar sem janelas literalmente embaixo da igreja.

    Podemos combinar uma excursão pelos lugares de Fatima, é o top top do bairro onde minha mãe mora. Gente que pode faz esta excur~soa no dia das mãe que ´[e perto de 13 de maio. Meu avô faleceu em 1974 antes de eu nascer, mas diz a lenda da familia que eu viu tudo pessoalmente lá em portugal. qdo vier pra sampa traga câmera e grave depoimento com os idosos da minha familia. Vc ficará rica vendendo um bluray com estes extras!

    Eu literalmente sou a única rainho que não fiz esta excursão 😉

    O homem do sapato branco deu em cima de mim em 2000. Foi a pior coisa que me aconteceu trabalhando na TV. Eu menti que não tinha celular e ele me deu um aparelho. Como sou velha rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de postagens

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930